domingo, 30 de junho de 2013

A ESCULTURA DO TAMBOR NO LARGO DOS ENFORCADOS EM PORTO ALEGRE.


Fica na praça Brigadeiro Sampaio, no final da rua dos Andradas, no antigo Largo dos Enforcados, o primeiro marco escultural do Museu de Percurso do Negro em Porto Alegre. Trata-se de um tambor gigante, pintado em amarelo e com símbolos da cultura afrodescendente, resgatando a memória da etnia na cidade. A escultura foi executada por Gutê, artista plástico gaúcho.


O antigo Largo dos enforcados, para quem desconhece, foi o local onde foram executados os escravos da antiga província. Segundo historiadores, no terceiro dia do mês de novembro do ano de 1857, ocorreram as últimas execuções por enforcamento na cidade de Porto Alegre, a do pardo Florentino, que matou seu senhor Antônio Soares de Almeida Leães e outros dois escravos, sendo que um deles foi provado mais tarde sua inocência.
Dom Pedro II proibiu esse tipo de execução, após a morte de inocentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...