terça-feira, 6 de dezembro de 2011

BELVEDERE DA RUA JOÃO MANUEL EM PORTO ALEGRE.


O belvedere e a escadaria para a Rua Coronel Fernando Machado foram construídos em 1928 com ajuda da família Chaves Barcelos, dona de imoveis no quarterão, que custearam um terço das despesas.

Segundo lance de escadas que desemboca na Duque de Caxias

São passeios estreitos e arborizados com arvores centenárias, muros e antigos palacetes, onde se descortinam paisagens bucólicas e perdidas no tempo. Muito desses palacetes foram a muitos anos abandonados por seus antigos proprietários e estão em péssimas condições. Seus pátios servem hoje, de estacionamento para carros, em função do pouco espaço disponível no centro da cidade. Mas só em pensar que um patrimônio como este, foi transformado numa garagem de guardar carros, dá dó.
O palacete que pertenceu a família Chaves Barcelos, foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural, porem existe uma ação de partilha de bens onde esta casa faz parte do inventário, e enquanto não houver uma decisão judicial, nada poderá ser feito na casa,



Palacete na esquina da João Manoel
com a Duque de Caxias. 

No patio da residencia onde funciona a garagem de estacionar carros, encontrei uma fonte toda revestida de azulejos bordados (seriam azulejos portugueses?).
Possivelmente esta fonte servia como adorno para embelezar o jardim do palacete. Atualmente não existe mais jardim e o que se percebe no terreno é  lixo e ratos desfilando por toda a parte. Apesar do lamentável estado de desleixo, o palacete se destaca por sua beleza arquitetônica e um pouco da elegância que lhe restou dos tempos de glória.

Até o próximo passeio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...