sexta-feira, 18 de novembro de 2016

MARGARIDAS AMARELAS.

Quando ela passa rebolando-se diante de mim, sei que não é pra mim, mas para uma platéia imaginaria que a aplaude impaciente e disfarça suas angustias. Este jeito audacioso e desnatural, não combina com ela, que ficava na escadaria, olhando margaridas amarelas, com os olhos rasgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...