quinta-feira, 21 de julho de 2016

O POEMA QUE INFLUENCIOU UMA GERAÇÃO


Allen Ginsberg, Jack Kerouac e William S. Burroughs, incendiaram a cultura dos anos 50 e 60 com a "Beat Generation", ao som de jazz e literatura "libertária".
Beat Generation para quem nunca ouviu falar, trata-se de um grupo de autores/poetas, cuja literatura questionava a cultura americana na era pós-Segunda Guerra Mundial  e cujo os elementos centrais da cultura Beat, são a rejeição de valores e a narrativa padrão, a busca espiritual, exploração das religiões americanas e Oriental, a rejeição do materialismo, representações explícitas da condição humana, experimentação com drogas psicodélicas, e liberação sexual. 


Lançado no outono de 1956, o longo e profético Uivo de Allen Ginsberg (1926-1997) foi apreendido pela polícia de San Francisco, sob a acusação de se tratar de uma obra obscena. ..
Os livros "Pé Na Estrada", de Jack Kerouac, "Uivo", de Allen Ginsberg e "Almoço Nu", de William S. Burroughs, são as principais obras literárias da "geração beat", da década de 1950, que influenciou a contracultura e o movimento hippie mundial.
O poema de Ginsberg, "Howl "- "Uivo", (considerado por muitos obsceno e pornográfico) - foi o livro de poesia mais vendido da história dos EUA, tendo vendido mais de 1 milhão de exemplares em pouco tempo. "Howl" foi também um enorme grito de revolta de uma geração assumidamente insurreta e ávida de novas experiências (artísticas e existenciais), imbuída de festas repletas de sexo, drogas, jazz e longas caminhadas e aventuras pelas ruas de cidades americanas. 
Juntamente com "Naked Lunch" de William S. Burroughs e "On The Road" de Jack Kerouac, "Howl" completaria a trilogia da contracultura da Geração Beat.


Muitos músicos foram fãs e tiveram sua arte influenciadas pela poesia de Allen Ginsberg, como Bob Dylan, Jim Morrison, Lou Reed, Leonard Cohen entre muitos outros.
Este texto foi postado hoje, apos eu ter assistido ao filme HOWL que em português significa Uivo e que nos permite reconhecer através da poesia de Ginsberg, um pouquinho mais da composição de nossa alma e seus aspectos obscuros. Pelo menos da minha!..Trata-se do sofrimento de uma geração, excluída e marginalizada, de muitos artistas e pessoas comuns que não puderam desenvolver todas as suas potencialidades como seres humanos e acabaram arrastados à loucura, ou a um beco-sem-saída na sociedade. É também uma demonstração de força contra uma sociedade opressora com relação às minorias (os loucos, homossexuais, drogados, etc). No universo marginal retratado, aparecem claramente os comportamentos libertários e espirituais, que formariam a base da contracultura, que iria transformar em muito, os padrões de comportamento no mundo inteiro.
No filme um relato de Ginsberg me chama a atenção e que diz o seguinte:
"O momento crucial de avanço veio, quando eu percebi o quanto seria engraçado no meio de um longo poema se eu dissesse: "Que se deixaram ser fodidos no rabo e gritaram de alegria a o invés de gritarem de dor." Esta é a contradição naquele verso. O leitor americano esperaria que fosse dor e não a alegria, que é de fato verdade, absolutamente cem por cento. E ha um verso que diz: Que sopraram e foram soprados por esses serafins humanos, os marinheiros, caricias do amor do Atlântico e Caribe. Eram reconhecimento da básica alegria homossexual. É,,, aquilo foi um avanço no sentido de discursos públicos sobre sentimentos, emoções. atitudes que eu não gostaria que meu pai ou família visem e que hesitaria em dizer em publico.O poema é mal interpretado como uma promoção da homossexualidade, na verdade é mais como uma promoção da franqueza sobre qualquer assunto. Se você tem fetiche por pés, você escreve sobre pés, se você é viciado na bolsa de valores voce pode escrever sobre os altos e baixos do gráfico do petróleo entende?..Quando se é franco sobre sobre homossexualidade em público, isso quebra o gelo e aí você está livre para ser franco sobre tudo e isso é socialmente útil. A homossexualidade é uma condição e por ter me alienado ou me distanciado desde o começo, serviu como um catalizador do exame próprio, ou uma percepção detalhada do meu ambiente e as razões pelas quais todos são diferentes e porque sou diferente."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...