quinta-feira, 23 de abril de 2015

OUTROS LOCAIS FORA DO CIRCUITO TURÍSTICO PARA SE CONHECER EM BUENOS AIRES.

Pois bem, voltei de Buenos Aires ontem e para aqueles viajantes, como eu, que apreciam não somente o obvio nos lugares que visita, mas também o inusitado e (menos comercial), apresento para vocês, outros passeios fora do circuito turístico (tradicional), que vale a pena conhecer por sua beleza e importância social na cidade portenha.





Chinatown em Belgrado: 
Considerado um pedacinho da Asia em Buenos Aires. Nele encontra-se lojas e restaurantes, (chineses, japoneses, coreanos e vietnamitas) e uma variedade de comidas e lanches de rua, dos mais inusitados e com funcionamento durante toda a semana, principalmente sábados, domingos e feriados. Chinatown em Buenos Aires é um passeio lúdico a cultura oriental na America Latina, lembrando os bairros "china"  de Nova Iorque e Londres.


Parque de La Memoria:
Localizado na Costanera Norte depois do Aeroparque, bem em frente ao Rio da Prata, é considerado um dos lugares mais bonitos e poéticos da cidade. Tranquilo e com imenso gramado para piqueniques e descansar, nele estão localizadas diversas obras de artes contemporâneas a céu aberto e cujo o monumento principal contem os nomes dos milhares de desaparecidos, vitimas da ditadura militar dos anos 70.


O principal Monumento às Vítimas do Terrorismo do Estado:
Foi construído na frente do Rio da Prata porque nas suas águas foram jogados muitas das vítimas da opressão.
Uma das mais impactantes é a Reconstrucción del Retrato de Pablo Míguez, de Claudia Fontes, em homenagem a um dos mais jovens desaparecidos, aos 14 anos. A estátua, em tamanho real, se mantém em pé sobre as águas do Rio da Prata, a 70 metros da costa.


Cemitério da Chacarita:
Com menos glamour que o cemitério da Recoleta, porem com o dobro de tamanho e de historia para contar; nele está enterrado um dos maiores ídolos do país como Carlos Gardel e outros artistas. O cemitério, por sua proporção, é o maior da America Latina.


Feira de Mataderos:
Realizada no bairro de Mataderos todos os domingos, na frente de um matadouro que dá nome ao bairro, a feira vende de tudo como  lanches, comidas, bebidas, e artesanatos típicos, além de muita musica e dança do folclore argentino, um diferencial para aqueles que pensam que na capital portenha, só rola tangos. A Feira também mostra pôneis, adestramento, laço, corrida de cavalos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...