sábado, 26 de março de 2016

SENTIMENTOS DE INVERNO

Quando chove tanto assim, me perece que é chuva de Julho, que forma lago nas praças e calçadas desta cidade, misteriosa sinfonia de sapos, meninas olhando o mundo por traz da bruma na vidraça, brasa no fogão a lenha, café preto perfumando o ar, pão torrado com margarina, lampião de querosene pendurado na parede, com discreta luz querendo se apagar...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...