terça-feira, 26 de janeiro de 2016

TRÊS COROAS.

Quando pensamos em Três Coroas, o que logo vem a nossa cabeça é o rafting. Mas a cidade, não é apenas isto, é composta por uma exuberante beleza natural desenhada por rios, cascatas, morros e uma mata nativa de tirar o folego. Alem disto, muitas de suas construções em estilo enxaimel, encontradas na cidade e em áreas mais distantes, nos reporta a sua colonização alemã e tudo que rodeia esta  cultura.



ORIGEM DO NOME:
Outra coisa: Eu sempre tenho muita curiosidade de saber, a razão do nome de um lugar, de uma cidade que eu visito e com Três Coroas, não foi diferente. O senhor Google me informou, que antes de ser chamada de Três Coroas, o lugar já teve várias denominações: Colônia de Santa Maria do Mundo Novo, Santa Maria de Cima, distrito Mundo Novo, e por último Três Coroas, devido a um pinheiro Araucária, com três copas (coroas), que existia no vale do Arroio Kampf.












HISTÓRIA DA CIDADE:
A história da cidade, inicia junto com a colonização da Colônia de Santa Maria do Mundo Novo, atual Vale do Paranhana, em 1846. Diversos imigrantes de origem alemã, vindos de São Leopoldo, fixaram residência no vale, deixando suas marcas em alguns hábitos culturais, na gastronomia e principalmente no tipo de construção que se encontra pelo caminho.






Emoldurada por montanhas de mata nativa preservada, a cidade e banhada pelo Rio Paranhana que afomenta o turismo local com suas corredeiras.
Três Coroas é conhecida como "Cidade Verde" e esta localizada na encosta da serra gaúcha a poucos quilômetros de Gramado. É conhecida também como a cidade do Rafting e dos calçados femininos.
Dentre tantas opções de lazer, a cidade oferece desde Camping, trilhas, esportes como rafting, Mountain Bike, Canoagem slalom, rodeio, Canoagem-asteca, tirolesa, rapel, oferecidos por empresas esportivas especializadas locais e a chance de um contato intimo com o natureza.


A os visitantes que preferem uma visita mais contemplativa, voltada a mente e ao espirito através das tradições orientais milenares, tem a opção de ir a o Centro Budista Khadro Ling, localizado a poucos quilômetros do centro da cidade, pela Estrada de Águas Brancas. 
Esse templo tibetano é o maior da América do Sul e pode ser visitado gratuitamente. Também é possível deliciar-se com o sabor das iguarias oferecidas pelo Tashi Ling, restaurante temático tibetano na Rua Alagoas 361 - Águas Brancas, Três Coroas - RS, 95660-000 Telemóvel:(51) 3546-5763.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...