sábado, 13 de dezembro de 2014

DIVISÕES.

Hoje foi um dia de vento que soprava sobre os muros altos e telhados da cidade, trazendo-me muita nostalgia dos tempos em que qualquer brisa me parecia vendavais. Fiquei olhando folhas que rodopiavam pelo chão, sentindo o vento me eriçar os pelos dos braços, trazendo fantasmas sem rostos... Tenho algo deliciosamente reticente e mal resolvido com dias assim, que me trazem lembranças vagas, de dores e sentimentos vagos que despertam sensações que parecem não ter fim. Parte de mim se divide e acha tudo desnecessário, outra parte que se agarra a pontos profundos que não tem resposta.
Por acaso li esta frase num blog e fiquei pensando: "Quantos mais sensíveis somos, maior é a probabilidade de sermos brutalizados, de ganharmos cicatrizes e de nunca evoluirmos. Nunca nos permitimos sentir alguma coisa porque acabamos sempre por sentir demais".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...