terça-feira, 30 de dezembro de 2014

OS HOSTELS MAIS COLORIDOS DO MUNDO.

Art Factory, Buenos Aires





Pra mim, que gosto de viajar e faço disto uma das minhas funções vitais "de sobrevivência" como comer, respirar, dormir, etc.. encontrei a seguinte pagina na Internet, hostelbookers.com, que fez uma matéria sobre os hostels mais coloridos do mundo e que eu sinceramente acho muito divertido, principalmente para o publico que o frequenta. 

The Madhouse Prague, Praga

Bom eu ainda não cheguei neste patamar de conhecer todas as grandes cidades do mundo, mas algumas que conheci,  fiquei hospedado em hostels e posso garantir que eles não são aquela bagunça e desorganização que a grande maioria das pessoas pensam que é. Claro que alguns ainda fogem a regra por não fazerem parte de organizações internacionais como a (International Youth Hostel Federetion) que garante a boa qualidade de serviços e alojamentos. Em Paris, por exemplo, me hospedei no St Christopher's Inns, localizado em Crimeé, que não está na lista dos mais coloridos, mas tem sua excelência de qualidade no atendimento aos clientes.

Circus Hostel, Berlim


Muito desses hostels (albergues), hoje, espalhados pelo mundo, garantem segurança, organização, higiene, divertimento e o mais importante, estadias que são mais baratas que os hotéis convencionais. Você também pode dar uma olhada nos HOSTELS MAIS BONITOS DO MUNDO selecionados neste mesmo site.

sábado, 27 de dezembro de 2014

UM NOVO TEMPO...


Me pergunto: Será que existe alguma surpresa quanto a nova relação estabelecida e recém divulgada, entre os EUA e Cuba e que alguém acredita que o difusor desta nova relação de pacificação entre os dois países se deu por que Cuba libertou o prisioneiro americano Alan Gross detido há mais de 20 anos e que os EUA, em troca dessa gentileza, soltou os três cubanos condenados por espionagem em 2001?
Ora, desde a substituição de Fidel Castro, por seu irmão Raul Castro no poder, percebe-se uma sutil flexibilidade do governo cubano em melhorar as relações com os outros países e até a sua politica para receber apoio de fora, é percebida nos esforços em turismo, visível nas restaurações de ruas, praças, prédios e bodegas considerados patrimônio da humanidade pela UNESCO, que antes estavam esquecidos e destruídos pela falta de recursos do pais.


Os turistas europeus que desfrutam desses ambientes, pagam suas comandas em euros, aumentando a economia do pais e ainda é insuficiente. A Cuba que conheci em fevereiro de 2012 com ambientes sofisticados, com mesas ao ar livre e decoradas com velas coloridas, flores, musica, provocando um clima romântico e nostálgico, passou-me a sensação de que estávamos numa Cuba requintada, com ares europeus e que nada tinha haver com o que li em livros do passado a não ser a repressão e falta de liberdade do seu povo, com inúmeras restrições arcaicas, estabelecidas pelo governo. Percebe-se nos cubanos um patriotismo forçado, cada vez mais difícil de convencer, o olhar muitas vezes não consegue dar veracidade as palavras que são ditas.
Quando tomei um táxi em Trinidad, o condutor logo começou a perguntar se eu estava hospedado em algum lugar nas redondezas, o que eu lhe respondi que não, estava apenas conhecendo a cidade e que depois de alguns dias em Varadero, iria para Havana. Então perguntei-lhe se conhecia Havana e ele com expressão de timidez, me disse que não, pois não era permitido sair de onde estava sem a devida permissão do estado.


Uma das grandes surpresas que tivemos no hotel onde nos hospedamos, no centro de Havana, é que havia Coca-cola para o turista comprar, a mesma coca cola que não entrava no pais a muitos anos, por representar o capitalismo selvagem americano. O preço era quase de ouro liquido, mas havia para o turista consumir. Até que me provem do contrario,  politica é um jogo de cartas marcadas que favorece somente os interesses das minorias.


Na minha opinião, o embargo americano contra Cuba, iniciado em 1962, mais ajudou Fidel Castro do que o atrapalhou, ao proporcionar-lhe um bode expiatório para se isentar de todos os crônicos problemas existentes na ilha. Quanto ao presidente Obama já tendo em vista seu final de mandato, o restabelecimento de uma nova relação politica e econômica com Cuba, seria um tapa de luvas na cara de seus opositores (republicanos) e um salvo conduto para que o seu legado não seja esquecido e entre para a historia americana. Alguém duvida disto?

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

A PIOR PERGUNTA QUE JÁ FIZERAM PARA MARIO CREISON NUMA NOITE DE NATAL


_ Mas me diga uma coisa vivente, o senhor é Fanta ou é Coca- cola?..
Perguntou o gaudério a Mario Creison, a quem considerava moço moderno e delicado da cidade, sentado bem a sua frente:
Mario Creison pensou rápido (Fanta, Coca-cola?!#...) mas como não é de baixar a crista para possíveis inimigos farejados de tão perto, na sua frente, respondeu com estratégica educação ao que parecia ser o inicio de uma prosa longa e difícil.
_As duas, Fanta e coca- cola!
_Mas como é possível ser Fanta e Coca- cola, ou se é uma coisa, ou se é outra!
Afirmou categoricamente o gaudério.
_ É possível sim!.. Mas bá, se é possível!..
Respondeu Mario Creison com determinação e disposição de quem não queria perder uma discussão que mais lhe parecia uma dessas trovas ordinárias, cujo o principal objetivo é discriminar, deixando o oponente abaixo do coco do cavalo do bandido.
_Sou daqueles homens que sou macho debaixo do pingo e também por cima de uma égua. Sei que é difícil do senhor entender, pois acredito que não deve existir em seu piquete, muito disso!..
_Homens Fanta e Coca- cola ao mesmo tempo?
Perguntou o gauderio meio atrapalhado com os pensamentos e as palavras.
_Não, homens que dizem a verdade!
Respondeu Mario Creison orgulhoso de sua honestidade e macheza.
_Então vivente um feliz Natal!
Disse o gaudério meio conformado para Mario Creison.
_Pro senhor também!
Respondeu Mario Creison.

FUGINDO DO MEU OBSCURO!


Às vezes me sinto ameaçado por mim mesmo, vocês não?.. Daí percebo um ponto em que devo parar e tomar novas atitudes que me façam libertar de mim mesmo, daquele lado negativo, mal humorado, intransigente e que não vê saídas, não encontra soluções e não percebe uma luz se quer no fim do túnel. É preciso perceber este ponto, quando estamos nos fazendo mal e termos a iniciativa urgente de salvarmo-nos daquilo obscuro que faz parte nós. Corra disto!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

SINERGIA.


Se você encontrou uma pessoa que feche com praticamente todas as coisas que necessitas, que sonhas, que te complete em todos os sentidos como (parceria, sinceridade, atração, sexo, reciprocidade de emoções) cujo um longo tempo da vida, ficou procurando para que a sua felicidade se completasse e ela por sua vez também, isto é sinergia, conjunto de forças agindo simultaneamente para um único propósito. Se você encontrou tudo isto numa pessoa, ela provavelmente é a sua cara metade.

UM NOVO CENÁRIO PARA CONTINUAR.


Viver, trabalhar, relacionar-se na obrigatoriedade do dia a dia, pode se transformar numa rotina repetitiva e estafante, cujo o final é uma bomba-relógio, que te põe doente e sem outras perspectivas, então é necessário olhar pros lados na busca de energia em pequenas coisas ao redor, trocar de canal, cantarolar aquela musica que gostamos de ouvir, transformar historias comuns em poesia, reinventar-se para que a vida tenha fundamento e a morte não seja apenas uma fatalidade, um passo sem explicação.
Hoje pela manhã, depois de inúmeras investidas para trazer um homem de volta à vida e nada conseguir, enormes pedras cercadas por margaridas, num jardim em sua residencia, roubaram-me a atenção por alguns minutos; A grandiosa beleza e delicadeza das flores, me fizeram pensar nas dualidades de se estar vivo, diante de todas essas imposições morais e sociais que imprime nossa identidade, nosso caráter...
E ai, que por vezes é necessário que nossa mente saia desses campos minados de armadilhas, para um novo cenário de silencio e de contemplação, que nos faça  ouvir a  própria voz, que nos remeta novamente a alegria e a aceitação de viver neste mundo de duras regras, sem muitas explicações.


terça-feira, 23 de dezembro de 2014

OS FANTASMAS DE CASA.


Os fantasma nos perseguem por toda a casa, justo na hora em que queremos descansar. Por vezes nos chamam pelo nome sem identificarmos de onde vem as vozes, em outros momentos são silenciosos como sombras que cruzam corredores, que se escondem dentro da casa de maquinas, no sótão, no porão, no quarto de hóspedes... Fazem diversos ruídos, derrubam pratos, batem portas e movimentam cortinas. Dizem que eles são fabricação nossa e utilizam-se dos nossos objetos para compor o teatro do susto. Seria por demais caustico da minha parte dizer que eles são assustadoramente interessantes e desejar-lhes um feliz Natal?

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

ÁGUA BENTA


A vida é uma guerra ou uma grande batalha de sobrevivência onde alguns saem feridos mas vivos e outros  mortos sem sabermos o porque foram os escolhidos.
Tá bem, alguns tem de morrer e outros sobreviverem, foi o que ouvi a vida toda, mas ainda assim, fica a pergunta: Por que eles? Quais são os princípios desta seleção, que as vezes nos parece tão injusta, tão desafinada aos conceitos que acreditamos óbvios, matemáticos?
Mesmo que mostrem dados, estatísticas, justificativas, regras, eu os olharei com descrédito, sem ainda entender esta complexa equação. Eu apenas fingo que entendo e vou bebendo diariamente aquele golinho de água benta do lado da cama.


domingo, 21 de dezembro de 2014

LAR EMANUEL.


Quando cruzamos eu e uma amiga o portão gradeado do Lar Emanuel, na Restinga, já imaginamos o que iriamos encontrar; homens degradados físico e emocionalmente pelo uso e dependência de drogas, pelo alcoolismo, pela depressão, sequelados por uma sequencia de  erros que  cometeram na vida, mas em poucos minutos de conversa, percebemos que  isto, eram apenas rótulos dado a homens que ao contrario de nós, não tiveram oportunidades e cuja a esperança de alguma forma lhes foi roubada. 


Alguns foram abandonados por seus familiares, outros descartados pelas controvérsias da vida, cada um deles com sua história para contar, quando oferecemos a nossa atenção e ouvidos para ouvi-los. A Associação Emanuel é um Lar, onde vidas são acolhidas e amparadas incondicionalmente, através de uma obra conduzida por um ex morador de rua, Pastor Araudo Xavier Ulguim, que hoje faz por estas pessoas, o que um dia fizeram por ele.


O Lar Emanuel dá oportunidades a quem precisa, para que tenham a chance de serem inseridas novamente na sociedade, fortalecendo assim laços familiares e sociais.
O convite de participar de um almoço, no dia 20 de Dezembro na entidade, partiu de um colega de trabalho, Volnei, que desde 2007, oferece parte de seu tempo, para estes homens que a sociedade esqueceu e que necessitam de pelo menos um pouco de nossa atenção e ajuda.


A Instituição atualmente luta com dificuldade para manter suas portas abertas e atender em média 600 pessoas (entre internos e assistidos), portanto toda ajuda é necessária e bem vinda.


Lar Feminino:Souza Reis, 91/Bairro São João - Porto Alegre/RS.
Lar Masculino: Ignês Fagundes, 693 Bairro Restinga - Porto Alegre/RS.
http://www.emanuel.org.br/ 
https://www.facebook.com/pages/Lar-Emanuel/320801661383890

Até a próxima!

TUDO CINZA


A chuva que caiu hoje, deixou o céu mais cinza, o asfalto mais negro e brilhante, as arvores mais viçosas e as ruas vazias.
Este dia de chuva, em particular, lembrou-me de um passeio que fiz a Canoas dentro de uma Brasilia cinza, onde as ruas tinham barro e as casas eram de madeira sem pintura e quase cinza.
Por que eu ainda lembro deste passeio, que aconteceu a quarenta anos, cinza, ouvindo Bob Dylan em fita cassete?

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

VOCÊ SABE O QUE SIGNIFICA URBEX?



Você sabe o que é URBEX, ou exploração urbana? É um hobby que consiste em visitar locais abandonados pelo mundo, como uma fábrica ou um teatro antigo, um edifício abandonado, uma velha construção degradada pelo tempo.


Lugares que ao olhar comum podem parecer desagradáveis, mas que são uma verdadeira relíquias para quem gosta de explorar estes ambientes e fotografa-los.
A exploração urbana, ou urbex, é um movimento que se dedica à procura desses espaços urbanos normalmente desabitados com o objetivo de registra-los. 


Hoje, são vários os fotógrafos profissionais e amadores a aventurarem-se por estes ambiente. Quem tem curiosidade e gosta de fotografia, possivelmente já deve ter experimentado esta sensação de aventurara-se a invadir algum lugar desses para fotografar, sem saber da existência deste hobby e seguidores. Postei algumas fotografias capturadas por mim durante viagens realizadas e que gostei. Eu estava fazendo uma exploração urbana e não sabia.





CROCHÊ URBANO, VOCÊ JÁ OUVIU FALAR?




Desde que estive em junho passado em Buenos Aires, uma coisa me chamou a atenção, algumas arvores no bairro La Boca, estavam com os caules forrados de croché, o que me tomou de surpresa e curiosidade. O que é isto, pensei com meus botões, algum tipo de modismo que eu não conheço?.. Será que isto é uma particularidade deste bairro, fazer tricot e crochê nas arvores? Qual o objetivo?..


Curioso como sou, fui atrás de informações e descobri que não se trata de nenhuma novidade, que o crochê Urbano, como é chamado esta intervenção, aposta em tornar únicos alguns objetos simples do dia-a-dia: como postes de iluminação, sinais de trânsito, placas de informação turística e árvores num objeto de atenção das pessoas, assim como divulgar a arte de tecer fios, que remonta desde a Idade media e que até hoje mantem o sustento de famílias pelo mundo.


Vários países como Portugal, Inglaterra, Estados Unidos, já assumiram esta iniciativa e também algumas cidades aqui no Brasil, como no distrito de Serrote, em São Gonçalo do Amarante - Ceara, realizado pelo Grupo Artificio. Algumas localidades de São Paulo também abraçaram esta iniciativa, tornando os ambientes e objetos de uso coletivo mais atrativos.




A CASA PSICODÉLICA. VOCÊ MORARIA NUMA?



Kat O'Sullivan, uma artista americana, conhecida há mais de 20 anos por reciclar roupas coloridas, transformando-as em peças psicodélicas, únicas e incomum, tornou-se ainda mais conhecida no meio artístico e onde vive, ao transformar uma cabana, sombria e sem graça do seculo XIX que comprou High Falls - Nova York, no meio de uma floresta, em algo simplesmente inusitado.



Cheia de idéias criativas, resolveu transformar a casa, com a ajuda de amigos, em algo que chamasse a atenção de quem passasse no local e conseguiu. 
"Calico", como ela chama sua casa, intencionalmente faz referencia as cores do Arco-Iris e ao conceito psicodélico, caracterizado pela percepção de aspectos da mente anteriormente desconhecidos, incomum ou pela exuberância criativa livre de obstáculos.


A ideia de pintar casas neste estilo, não é algo novo, pois em 1967 George Harrison e sua mulher decidiram pintar a casa para ajustarem-se ao moderno estilo psicodélico, supostamente inspirados por um livro emprestado por um antigo amigo dos Beatles, Klaus Voorman. George aparentemente em suas viagens de ácido na época, pintou o exterior da sua casa com redemoinhos e todo tipo de motivos psicodélicos.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME.


Mais de um mês que venho sentido dores no nervo ciático, das duas pernas e isto tem me restringido a uma rotina cheia de impossibilidades que vem me causando tensão e irritabilidade. Deixei de fazer minhas caminhadas em função da dor e ainda como resultado, adquiri alguns quilos a mais que ajudaram a agravar meu quadro de enfermidade.
Na consulta com o ortopedista a orientação foi, analgésico, anti-inflamatórios e repouso, se não passar a dor, encaminhamento para o neurologista que solicitará tomografia e outros exames para ver se houve algum acunhamento de vértebras. Nossa, "se correr o bicho pega se ficar o bicho come" Neurologista?.. Tô fora. Não consigo confiar em alguém, mesmo sendo um profissional, abrindo minhas costas arriscando a nunca mais andar. Fico pensando se der algo errado, já que não cozinho na primeira fervura...
Esta semana testei uma seção de massagem, (shiatsu), com uma amiga, que me possibilitou alguma esperança. Depois de alguns minutos iniciais gemendo durante a terapia caí num sono profundo ao terminar, No outro dia acordei com menos dor. Enfim, uma luz no fim do túnel! Quem sabe isto tudo seja apenas um pesadelo, resolvível com algumas seções, mesmo que prolongadas de fortes terapias pra voltar a ser o que eu era antes?

AO INVÉS DE FICAR PENSANDO EM BESTEIRAS...


Com o intuito de trocar energias e nos divertirmos, eu e uma amiga saímos hoje a tarde para que ela pudesse sentir a  vibração de abraçar arvores e por que não, eu registrar este evento impar através da fotografia, cujo o exercício também é renovador e prazeroso. O resultado foi RECOMPENSADOR!

Algum tempo venho percebendo que algumas simples atitudes na vida, servem de verdadeiras psicoterapias gratuitas, sem ter de gastar fortunas com psicanalistas. Servem também de combustível para que possamos ter MAIS força nesta dura caminhada pela vida, unindo PRAZER e DIVERSÃO. Acho que nos falta é paciência e crença para aceitar que coisas tão banais podem fazer diferença em nossa qualidade de vida, atuando de forma invisível, no invisível.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

MARIA RITA.


Maria Rita deu seu recado neste Domingo 14/12/2014 no tradicional Concerto Comunitário de Natal, realizado anualmente pelo Grupo Zaffari em parceria com a Opus Promoções. A cantora subiu ao palco acompanhada de seu pianista Tiago Costa, sendo aplaudida pelos espectadores que a assistiram atentos, uns de pé, outros sentados em cadeiras de praia ou no chão. Foram poucas musicas do seu repertório, deixando todos com aquela vontade de "Quero mais" e gritos de "Mais uma, mais uma". Eu e algumas amigas que me acompanhavam, lamentamos pelo espaço, que não foi favorável em função das arvores que escondiam o único telão acima do palco, deixando algumas pessoas sem ver a apresentação. Acho que o Parque Moinhos de Vento (Parcão), infelizmente não foi o melhor lugar escolhido para o evento.

sábado, 13 de dezembro de 2014

DIVISÕES.

Hoje foi um dia de vento que soprava sobre os muros altos e telhados da cidade, trazendo-me muita nostalgia dos tempos em que qualquer brisa me parecia vendavais. Fiquei olhando folhas que rodopiavam pelo chão, sentindo o vento me eriçar os pelos dos braços, trazendo fantasmas sem rostos... Tenho algo deliciosamente reticente e mal resolvido com dias assim, que me trazem lembranças vagas, de dores e sentimentos vagos que despertam sensações que parecem não ter fim. Parte de mim se divide e acha tudo desnecessário, outra parte que se agarra a pontos profundos que não tem resposta.
Por acaso li esta frase num blog e fiquei pensando: "Quantos mais sensíveis somos, maior é a probabilidade de sermos brutalizados, de ganharmos cicatrizes e de nunca evoluirmos. Nunca nos permitimos sentir alguma coisa porque acabamos sempre por sentir demais".

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

QUE PLANOS EU TENHO.

Perguntaram-me quais eram meus planos alem de viajar e do projeto de cursar fotografia. Eu fiquei calado, pensando rápido, procurando, buscando uma resposta que satisfizesse a mim e a pessoa que perguntava. Eu fiquei calado sem uma resposta satisfatória, eu fiquei calado como quem não tem mais nada a fazer, mas que sente ter alguma coisa guardada que se revelará a qualquer momento e me surpreenderá a qualquer instante, como uma carta guardada e esquecida na dobra da manga. Será que eu ainda tenho cartas escondidas na dobra da manga?..

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

MOSTRA DE PROCESSOS CRIATIVOS.


A dança me fascina por toda a sua força agregada a natureza humana, por todo o seu processo de criatividade, profundidade e beleza. Pelos sentimentos que movimentam os gestos, pelos gestos que movem os sentimentos.
Mostra dos processos criativos — em Casa Cultural Tony Petzhold, aconteceu neste Sábado 06 de Dezembro de 2014 às 20 h - Com Ana Medeiros e Roberta Campos. No palco: Ma Deva Anjali, Carolina Blanco, Larissa Lewandoski, Juliana Sapper, Mara Lenise Silva Duarte, Ana Medeiros, Adri Ane, Duda Cunha, Walter Pingo Mello Ferreira, Felipe Suares, Thais Petzhold e Tony Petzhold.
Endereço: Cristovão Colombo 400, Poa em frente a o Shopping Total.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

O SORRISO INFANTIL.

Hoje à tarde, ajudei mais um bebe vir ao mundo. Desconfiei que ele iria nascer antes de chegar ao hospital, por causa das dores de sua mãe que aumentavam cada vez mais e de forma intermitente. Não deu outra, tivemos que parar a ambulância na metade do caminho, num lugar seguro e iniciar as manobras de praxe. Durante o nascimento, 14 h. 30 min. pedi a o meu colega que tirasse uma foto, mas ele se mostrou o pior fotografo do planeta e por isto, tudo ficou sem registro.
O bebe era um menino que apos chorar, foi mudando de cor, abriu os olhos e simplesmente sorriu. Depois de mais de cinquenta partos realizados em domicílios ou dentro de ambulâncias, este em particular me chamou a atenção por seu sorriso natural e infantil, logo ao nascer.
Não tenho por hábito alimentar superstições, mas sai acreditando que neste parto em particular, fato natural da vida como tantos outros, havia uma mensagem para ser lida nas entrelinhas; Dessas mensagens que devem ser mais sentidas do que lidas afim de que a vida tenha mais poesia.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

PARA CERTAS INQUIETUDES DA ALMA

Curioso este desejo de estar em tantos lugares deste mundo e não querer ficar aqui, onde estou agora com  minhas raízes enterradas no chão. A ultima, foi em Outubro passado e já me sinto angustiado e querendo partir de novo.
Sempre me vem desejos de conhecer outros lugares, pessoas, imagens, sons que por vezes se igualam aos daqui e que em outros momentos se tornam tão diferentes, tão distintos me pondo em outras dimensões.
Viajar parece se transformar num vicio, como o de tatuar a pele, de tomar mais um gole, uma vontade incontrolável de partir,  como se fosse a unica salvação para inquietude da alma.

domingo, 9 de novembro de 2014

ARTE & BELEZA


A fotografia tem me conduzido para um mundo novo, uma fantástica fabrica de sonhos que é possível trazer para a realidade, em toda a sua extensão de beleza plastica, profundidade e sensibilidade. O francês  Ivano Coltellacci, investe na harmonia de detalhes e curvas dos corpos femininos, sob o efeito magico de luz, sombras e texturas marcantes. O resultado? Beleza.
 Dê uma olhada em seu Ateliê Fotografico

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

EQUÍVOCOS.

Fiquei pensando que muitas vezes, passamos algumas ideias para as pessoas, sobre nós mesmos e do que estamos vivenciando, de maneira errada, que não são verdadeiras, ou seja, que não corresponde as nossas verdades e muito menos, estamos querendo intencionalmente falar mentiras; mas a intensidade das palavras que utilizamos para descrevermos a nossa ideia, parece forte demais para a realidade que estamos vivendo. Exageramos ao contar situações, cuja a empolgação absurdamente inventa, enfeita, incrementa a imaginação de quem ouve. Fico surpreso com as coisas que eu mesmo digo e que não são tão grandes assim como se parecem, deixando as pessoas equivocadas.

O BATOM NEGRO NA PELE NEGRA.


Estou quase acreditando que mulheres com batom negro nos lábios, é um dos diferenciais pouco explorado e que resulta numa sofisticada estética elegante, extravagante, moderna e que pra poucas servem, porque ha a necessidade de ser e fazer a diferença.
Por que estou postando isto, se não entendo de maquiagem? Porque hoje cruzou por mim, na rua, uma mulher negra, com batom igualmente negro, que me fez virar a cabeça na sua direção, surpreso com o resultado. Juro que se eu estivesse com o celular na mão, teria me esmerado em bater uma fotografia a la paparazzo. Mas mulheres elegantes também tem pressa, não só de andarem pelas ruas como desaparecem entre a multidão, são meio andróides, com força e poder de derrubar qualquer ser humano mortal.


Dai que eu me lembrei que alguns anos passados, Zezé Mota, atriz e cantora, que eu respeito muito, também já ousou, deixando-a simplesmente com visual espetacular.
Mas para quem pensa que esta cor de batom, só serve para peles escuras, está completamente enganado, pois o diferente e ousado está muito além dos limites das simples combinações.




domingo, 26 de outubro de 2014

OS REMENDOS EM ROUPAS USADAS SE FAZ DEPOIS.


A solidão continua fazendo vitimas.., vitimas das suas próprias incertezas e preconceitos, das verdades que nem elas mesmas acreditam, já que na pratica, o 6 pode ser 9 ou o inverso, dependendo da necessidade vigente....
Tem gente que apanha e cala, que se afasta mais não descola, que gosta mas tem vergonha e é sem duvidas sem vergonha e por isto tem verdadeiramente o que a vida lhe concede, já que nada vem por acaso. Subjugam os outros e se colocam num patamar superior inventado.
É difícil não ter solidão, quando as necessidades básicas, são sufocadas por regras, hábitos, conceitos, etiquetas... Ora vão ser felizes com o que a vida tem pra dar, os remendos em roupas usadas se faz depois!..

sábado, 25 de outubro de 2014

O QUE FUI FAZER EM AMSTERDÃ.


Ontem durante o plantão, quando encontrei um colega de trabalho e ele me perguntou o que eu fui fazer em Amsterdã, eu respondi sem pensar muito: Fui fumar um banzeado!.. Ele riu e eu também, já que a resposta pareceu tão despretensiosa, depois continuamos a conversar sobre viagens e eu fiquei pensando se minha resposta não tinha sido também meio acida. Mas também não foi a minha intenção ser grosso, simplesmente a resposta saiu de forma tão espontânea e leve, que se tornou engraçada. 


É como dizer que fui a Cuba para dançar salsa, sem a intenção de conhecer o regime daquele país e toda a grandeza daquele povo, que me deixou encantado. Quando estamos num lugar que não é a nossa casa, as coisas vão se afinando a nossa percepção, a gente vai avaliando e aceitando as diferenças que nos distancia e as semelhanças que nos aproxima, tornado-nos seres tão iguais a o resto do mundo.

PENSAMENTOS SOLTOS.

Não, eu não quero entrar nessa, mas as coisas que me dizes, se parecem com aquelas mentiras necessárias, que se quer ouvir em silencio e sem revidar. Que eu necessito escutar sem ruídos de fora, arriscando tirar a minha atenção. Brota as vezes a desconfiança de que pode ser verdade. Coisas que eu precisava ouvir em tempos distantes, mas que parece não caber mais neste meu presente, vestido de barba branca e dores nas costas.

FOTOGRAFIA.

Tinha consigo uma dor que não acabava e reacendia-se em momentos inesperados, que se retorcia em suas entranhas, fazendo-o ver a vida, num preto e branco fotográfico, com detalhes cheios de contrastes luminosos, que surpreendia, que fascinava.
A vida com alegria, sabia ser solar, colorida, mas sob o efeito da paixão, tornava-se embriagada, cinza chuvosa, acolhedora, melancólica, um preto e branco com granulações que arranhavam, ardiam e ate fazia iluminar sua alma. Sabia que com a paixão, viria dor, esta dor que vem com a entrega.

TRINCHEIRAS.

Depois de muitas mensagens e ligações clandestinas no telefone celular, ele pensou se queria ou não arriscar-se naquela aventura-trincheira, que lhe parecia mais perigosa do que estar entre fogos cruzados. Era sempre assim, pensou consigo. Gostava dessas aventuras desconhecidas, que lhe arrepiavam os pelos dos braços e avolumava-lhe a calça.
O outro chegou com os olhos vermelhos e enfiou dentro dele, o que pensava ter de melhor, mas o que realmente o agradava, era aquele cheiro atraente de graxa e poeira de pneus.
Algo nele se descontrolava e então perdia o juízo, como um adolescente que solta pipa entre os fios de alta tensão ou que arrisca mutilar-se, para calcular a intensidade da dor. Esta foi a unica vez que se deram.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

PRAIA DO CAMACHO - JAGUARUNA SC


Foi nesta quarta feira 08/10/2014 que eu fui conhecer com uma amiga de longas viagem, Rose Milene, um dos destinos preferidos de turistas que visitam Jaguaruna, chamado balneário Camacho, o mais famosos daquela região, que costuma lotar sua praia  na alta temporada de verão.
Com uma espaçosa faixa de areia clara e fina, ondas agitadas que  permitem a pratica de esporte náuticos, a praia encanta também com sua beleza e tranquilidade.



Seus atrativos naturais fazem dessa praia, um belo lugar para relaxar, tomar um refrescante banho de mar e se distanciar da rotina agitada das cidades grandes. Com natureza preservada, diversos pinheiros marcam presença no lugar, assim como altas montanhas de areia.



Se o seu objetivo não for somente banho de mar, o balneário oferece lugares históricos como:
O SAMBAQUI GAROPABA DO SUL: Considerado o maior do mundo em extensão - (101 mil metros quadrados, o equivalente a 10 hectares), onde encontrei alguns pesquisadores paulistas, visitando e colhendo amostras e fotografando, o JABUTICABEIRA II, a CASA DA NAÇÃO e outros recantos paradisíacos como a bela Lagoa de Jaguaruna, o Farol de Sta Marta e suas praias, há 19 quilômetros de estrada agora quase toda asfaltada.



Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...