sexta-feira, 2 de junho de 2017

DUETO DE CORDAS.


Quando ele passou distraído, sem perceber que estava sendo vigiado, ela escondeu-se entre os eucaliptos sem perde-lo de vista. Pensou consigo mesma, enquanto observava-o se distanciar:
Homens tem caminhar firme e um cheiro próprio de homem que não conseguimos definir. Pele áspera, pelos que arranham na hora do carinho.
Reproduzem um som de violoncelo quando estão parindo poesia a o seu modo, em nossos ouvidos. Dão uma certa dor que temos que suportar quando se entregam e mostram seus segredos de dominação natural. Pra nós, fica a habilidosa tarefa de tocar violinos sem desafinar a musica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...