segunda-feira, 3 de outubro de 2016

CERTA FEITA.


Dia desses, fiquei pensando se eu transaria comigo mesmo. É, parece loucura, mas de fato eu pensei nisto muitas vezes e descobri entre momentos de avaliações pessoais e timidez, que sim, afinal não sou nenhum exemplo de beleza, mas também não sou algo completamente desprezível aos meus olhos. 
Um turbilhão de ideias e perguntas, costumam passar pela minha cabeça e cuja as respostas, nem sempre tenho, mas pensamentos tem asas que sobre-voam por todos os campos imagináveis da nossa mente permitindo-nos qualquer liberdade. 
Existe em nós, seres humanos, uma característica que eu chamaria de auto apreciação erótica e este comportamento está ligado a nossa intrínseca sexualidade e que sem muitos rodeios, é a tesão que sentimos por nós, por nosso corpo, nossas atitudes quando estamos fazendo sexo com outra pessoa, pela qual também sentimos tesão.
Existe um olhar, um pequeno flash em cada um de nós, que se acende, que busca esta intimidade, esta auto atração espontânea, sem restrições morais, escondidas sob uma complexa montanha de preconceitos mas que indiscutivelmente está presente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...