quinta-feira, 22 de setembro de 2016

UMA CIDADE DE SOMBRAS


Existe uma melancolia que me vigia, pelas ruas por onde passo, escondida atras de portas, janelas e sacadas sombrias nestes dias cinzas de inverno... Pessoas cruzam as ruas em silencio, outros leem jornal...
Montevidéu me revela traços de uma vida taciturna, com pistas escondidas em cada sombra aparente, em cada cantinho obscuro que se revela, em cada janela que se abre, diante da curiosidade e dos olhos atentos aos incógnitos desse mundo.


A cidade parece um esboço em preto e branco, antes do artista definir as cores finais na tela.
Nestes três dias que lá estive, foi possível mostrar, com muito prazer aos que me acompanharam em caminhadas pela cidade, o quanto existe de beleza e poesia nesses lugares bucólicos, que parece andar numa outra velocidade e nos alimenta a alma com suas diferenças e contrastes. Montevidéu está na lista de lugares que minha alma gostaria de morar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...