segunda-feira, 27 de junho de 2016

O SILENCIO É UMA CARTA ESCONDIDA NA MANGA

Atualmente tenho ficado de boca calada. Me excluo de dar opiniões ou de fazer qualquer comentário critico de caráter politico, social e outros.. Isto talvez seja uma erro, mas num determinado momento da vida, percebemos que tudo parece se tornar irrelevante e que discussões consensuais, são acolhidas por radicais extremistas ou bibelôs que não conseguem manter um dialogo com sensibilidade ou profundidade necessária. Por outro lado a idade tem me pego de surpresa e me mostrado que o silencio pode ser a carta escondida na manga dos que não querem mais jogar.


quinta-feira, 16 de junho de 2016

UMA TORNEIRA QUE PINGA


Uma torneira que pinga, pode ser uma pista, um resumo, uma pequena historia de vida traçada em poucos segundos no cronometro do tempo.
Pode ser uma mentira, uma seção de tortura, um pesadelo, uma imaginação e reverter todo o processo da lógica, do raciocínio, da historia imaginada, contada.
Uma torneira que pinga, nos dá a sensação de que algo não foi terminado, que foi interrompido, que o gesto se desviou de fecha-la por desatenção, distração, que não houve continuidade, não aconteceu. Um ato falho. Uma torneira que pinga, é viciante, é irritante, é torturante como  solidão.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

AS VEZES A CASA CAI.

Tenho uma má impressão, quando estou falando com alguém no telefone ou digitando em algumas redes sociais e a pessoa começa a me dizer ou escrever: "Hum!.."
Este "hum!..", é o que afinal de contas? Uma afirmativa de quem concorda ou descorda do que eu estou falando? Ou é uma expressão de duvida, de desconfiança a o que eu poderia, por assim dizer; estar enrolando, enganando, faltando com a verdade? 
Então quando o "hum!" vem acompanhado de um, "aham sei!.." A casa desmorona de vez.



Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...