quarta-feira, 30 de setembro de 2015

SANTO AMARO DO SUL


"Eu sabia que iria mergulhar num mundo fora do meu tempo, de gente que construiu a história do Rio Grande do Sul. Então saí neste dia, com minha maquina fotográfica preparada para capturar coisas incríveis e consegui!.."
A postagem da vez é sobre Santo Amaro do Sul, ou Amarópolis, um pequeno município pertencente a General Câmera, que teve grande importância na historia do nosso Estado'.





PASSEIO ACONTECEU NA TARDE DE 28/09/2015:
O objetivo deste passeio, foi conhecer o histórico município de Santo Amaro do Sul, (indicado por uma amiga - Alba, que não nos acompanhou) e que fica localizado à 15 quilômetros de General Câmara, proporcionando também uma rápida passagem  pelas cidades de Charqueadas e São Jeronimo, descortinando outros paisagens muito interessantes, que compõe a historia do nosso estado, como a Granja Carola.
Me acompanharam neste passeio, sem pressa, os amigos Rosane, Ida Romano e Carlos Patrício, para um dia de descobertas.
A tarde estava ensolarada, dando para aproveitar cada momento os atrativos, que a cidade tinha para nos mostrar. Eu sabia que iria mergulhar num mundo fora do meu tempo, de gente que construiu a história do Rio Grande do Sul e isto para mim era muito excitante.



FUNDAÇÃO DA CIDADE:
Santo Amaro foi fundada em 1752 quando os primeiros açorianos chegaram na região, pelo rio Jacuí. O objetivo central dessa ocupação, apoiada por Portugal era a demarcação das fronteiras, como determinava o Tratado de Madrid, firmado entre portugueses e espanhóis. Mais tarde a sede municipal passou para General Câmara, onde foi construído um arsenal de guerra para defender as fronteiras e Santo Amaro caiu no esquecimento. 




PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO:
Grande parte de suas edificações, compõe um conjunto tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (I.P.H.A.N) e tiveram importante função no passado, como também serviram de moradia para importantes personagens históricos como José Gomes de Vasconcelos Jardim, herói farroupilha e primeiro presidente da República Rio-Grandense e Chico Pedro, um dos homens mais temidos pelos farrapos, e que mais tarde veio a se tornar o primeiro e único barão do Jacuí.



A IGREJA DE SANTO AMARO:
A maioria dos casarios centenários, em estilo açoriano, localizam-se na quadra da igreja em estilo barroco e datada de 1787, sendo uma das mais antigas do Estado. Seu interior possui, ornamentos tais como imagens de santos magistralmente talhadas, candelabros de cristal, turíbulo e demais utensílios de ouro.
A cidade é pequena e não possui opção de restaurantes, bares ou lanchonetes para se comer. Seu principal foco de atenção fica por conta de seu pequeno centro histórico em frente a Praça Matriz, a antiga estação de trem e a eclusa do Rio Jacuí um pouco mais distante do centro histórico.

COMO CHEGAR NA CIDADE:
Santo Amaro fica localizado bem nas margens do rio jacuí e seu acesso se dá por uma estrada de chão, a partir da RS-244 depois da entrada para General Câmera, onde se encontra uma discreta seta à esquerda, indicando o caminho a se seguir.
De Porto Alegre, são 94 Km. passando pelas cidades de São Jeronimo e General Câmera, totalizando 01 h 30 min. de viagem.



PALCO DE UM FILME:
Claro que com tanta história registrada em suas ruas, praça e casarios bicentenários, que lembram uma daquelas cidadezinhas cenográficas, Santo Amaro voltou a ser lembrada, sendo palco, em 1970, de algumas cenas do filme "Um Certo Capitão Rodrigo" dirigido por Anselmo Duarte e baseado na trilogia "O tempo e o vento", de Érico Veríssimo.



ANTIGA ESTAÇÃO DE TRENS:
Santo Amaro também conta com uma antiga Estação de trens desativada, localizada nas proximidades do rio e da pousada Coqueiros, unica existente na cidade. A antiga Estrada de Ferro Porto Alegre-Uruguaiana foi aberta em 1883, ligando Santo Amaro a Cachoeira do Sul, pois antes da ferrovia, as viagens para Porto Alegre eram feitas em embarcações que navegavam pelo rio Jacuí. Em 1907, os trilhos chegaram até Uruguaiana, na fronteira com a Argentina.



ECLUSA DO RIO JACUÍ:
Faltou conhecermos a eclusa localizada na margem do rio Jacuí, logo que passa o Balneário dos Coqueiros. Moradores nos informaram, que o acesso estava obstruído em função dos alagamentos provocados pelas chuvas da semana anterior. Só podemos aprecia-la a distancia, como num tira gostos, para da próxima vez que retornarmos e visita-la de fato.



ONDE FICAR:
Existe uma pousada-restaurante chamado Coqueiros que oferece lugar para pousar, com café da manhã, almoço e janta já incluídos no preço. É um lugar simples e de bom aspecto.
Telefone: (51) 3501 9665.
No retorno para casa, passamos rapidamente pelo cemitério da cidade e ainda fotografamos outros prédios que achamos interessantes, como este da foto acima, com as janelas lacradas, parecendo um grande mausoléu.
Santo Amaro do Sul deve ter outras detalhes a serem descobertos, mas num passeio com mais tempo, o que certamente acontecerá em breve.
Esta postagem foi construída com algumas informações colhidas do Portal do IPHAN.

Até a próxima viagem!

RESIDENCIA DE JOSE GOMES DE VASCONCELOS JARDIM. - URBEX

Fica em Santo Amaro do Sul, ao fundo da praça principal, onde localiza-se a  igreja da cidade, a antiga casa de Gomes de Vasconcelos Jardim, herói farroupilha e primeiro presidente da República Rio-Grandense, com uma placa de vende-se, numa de suas janelas. Mesmo tombada como patrimônio histórico e cultural, seu interior está praticamente todo destruído.
Uma pena!










  



RUÍNAS DA GRANJA CAROLA

Um passeio nesta segunda feira 28/09/2015 - com amigos, me proporcionou conhecer as ruínas da Granja Carola, localizada na Rodovia RS-401, km 19.5 - s/n em Charqueadas. Pouco se sabe sobre a granja carola, que é muito antiga e que um dia foi abandonada por seus proprietários. Mas sua identidade remete-nos a o período das charqueadas, onde o rio Jacuí tinha sua importância no transporte do charque para Porto Alegre. No alto de uma colina, encontra-se uma antiga capelinha que possivelmente foi construída estrategicamente neste local, para não sofrer danos com as frequentes cheias do rio.
Estavam comigo neste dia: Rosane, Ida Romano e Carlos Patrício que já conhecia este lugar, quando morou nesta região.


































  



Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...