quarta-feira, 12 de agosto de 2015

VAGA LEMBRANÇA.

De Antonio Barbosa, lembro do silencio e da pouca simpatia que tinha por mim, embora dissessem que foi um homem bom e temente a Deus. Dona Maroca carregava um silencio de viúva ou de alguém que nunca se casara. Dorinha, a filha de Antonio, era muito ativa e desbocada. Deixou um filho chamado Homero que só vi na infância. Homero era muito mimado, razão de vida da sua mãe.
Existem pessoas que não vemos entrar, nem sair da nossa vida, ficaram presas numa lacuna do tempo, num pequeno espaço de lembrança, de passado e que nunca mais se sabe das suas existências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...