sábado, 8 de agosto de 2015

BICAME DE PEDRA EM CATAS ALTAS.


Minas Gerais, não é só Ouro Preto e as cidades históricas como: (Mariana, Tiradentes, Congonhas, S.João Del Rei) que fizeram parte do ciclo do ouro; Existem outras cidadezinhas e vilarejos, não tão famosas no interior do estado, que despertam em nosso olhar aquele brilho de encantamento pelas belezas naturais e monumentos construídos pelo o homem, para reforçar seus interesses econômicos, numa época em que as chances de riqueza estava toda voltada para e extração de ouro, nesta região do Brasil, que era então colonia portuguesa.

BICAME DE PEDRA:
A 12 Km do município de Catas Altas, destacam-se na paisagem as ruínas de um grande aqueduto de pedra, construído por escravos, com o objetivo de abastecer a cidade ou a mineração. Atualmente, existem cerca de 100 metros do monumento, que tem, ao centro, um portal com a inscrição da data de sua construção - 1792. Segundo relato, esta obra originalmente se estendia por 18 quilômetros.
Incrustada em uma das laterais do portal, existe uma escadaria que dá acesso à parte superior do aqueduto.




COMO CHEGAR:
De Belo Horizonte são (120 km) - Seguindo a BR 381 no sentido Espírito Santo, passando pelos trevos de Ravena, Caeté, Nova União, Bom Jesus do Amparo e de Itabira.
Percorrer mais 7 km e entrar à direita na MG /436, sentido Barão de Cocais, Caraça e Santa Bárbara. Pegar a MG/ 129 por mais 12 km até Catas Altas.

Mariana/MG 41 KM pela MG 129
Ouro Preto /MG 51 KM pela MG 129
Santa Bárbara/MG 13 KM pela MG 129

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...