segunda-feira, 11 de maio de 2015

MÃE


Ontem foi o teu dia, e eu nada postei  aqui  no blog.  Fiquei  perdido, sem palavras,  preocupado em não  conseguir  dimensionar num pequeno  texto, todo sentimento que tenho por ti.  Enfim,  nada escrevi,  mas aprendi  contigo é mais tarde com a vida, que os sentimentos  verdadeiros são atemporais, indescritíveis, inexplicáveis e portanto  não necessitam de inflamadas explosões de homenagens. Os verdadeiros  ficam guardados dentro  da gente para serem ditos num momento qualquer que se ilumina ,  sem dia previamente marcado, através  de um olhar,  de uma palavra, de um gesto que se revela e diz tudo..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...