terça-feira, 7 de abril de 2015

A GRANDE DAMA DO JAZZ.

Se fosse viva, Billie Holiday estaria completando hoje, nesta Terça Feira 7 de Abril, 100 anos de idade. Incontestavelmente uma das maiores vozes do jazz, serviu de influencia a muitas outras cantoras que surgiram depois como: Janis Joplin, Nina Simone, Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan, Maysa e Amy Winehouse.
Billie foi uma das mais comoventes cantoras de jazz de sua época. Com uma voz afinada, etérea, sensual e levemente rouca, seduziu críticos e amantes do jazz expressando através da voz incrível profundidade e emoção.
É importante salientar que Billie não era só sofisticada musicalmente, mas mudou a maneira como o vocalista era visto em cima do palco. Quando cantava, era quase uma experiência hipnótica, a plateia entrava em total silêncio.
Mesmo depois de ter seu talento reconhecido pelo publico, gravadoras e casas de shows, ela ainda sofria discriminação racial e era obrigada a usar elevadores de serviço e entrar em seus shows pelas portas dos fundos, o que a motivou a cantar e a gravar um dos seus maiores sucessos: Strange Fruit.
A grande dama do jazz, morreu de cirrose no Hospital Metropolitano, em Nova York, dia 17 de julho de 1959, numa sexta-feira, na cama em que havia sido presa pouco mais de um mês antes, por posse ilegal de narcóticos. Mais detalhes sobre sua vida e obra, AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...