segunda-feira, 16 de março de 2015

LAMPIÃO DA ESQUINA.

Em plena ditadura militar os ativistas João Silvério Trevisan, Darcy Penteado, Aguinaldo Silva, Peter Fry e João Antônio Mascarenhas, todos intelectuais assumidamente gays, fundaram o  Lampião da Esquina, que mesmo tendo durado apenas quatro anos, marcou época por tirar a pauta LGBT do armário em plena ditadura Geisel. mesmo tendo circulado durante o abrandamento de anos de censura promovida pelo Golpe Militar de 1964.
Em formato tabloide, o Lampião da esquina causou furor no seu curto tempo de existência (1978-1981), pois alem de dar informações importantes e retirar o "gay" da margem social, abrindo o discurso às minorias, (o que era considerado tabu na época),  Sua  publicação representou sobretudo, uma classe que não possuía voz na sociedade, mostrando-se importante para a construção de uma identidade nacional pluralista. As edições foram restauradas e digitalizadas pelo Centro de Documentação Prof. Dr. Luiz Mott em 2010 e disponibilizadas no site do Grupo Dignidade em formato PDF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...