quinta-feira, 3 de julho de 2014

Tá viajando é porque tá rico.

Gostei de um blog que eu conheci esta semana na Internet por acaso e que conta de maneira simples, descolada, experiencias muito parecidas com as minhas. quando eu viajo e isto me pareceu dar mais incentivo para eu escrever aqui no blog, tipo um incentivo extra.
Gosto de viajar, mas principalmente de abordar minhas emoções e vivenciadas ao conhecer cada lugar, as pessoas que vivem nestes lugares, a historia de vida cada uma delas, os hábitos, a cultura os credos, as situações boas ou ruins experimentadas por mim, sem ter medo de parecer inoportuno.
A atenção faz a diferença naquilo que vimos quando se anda por este mundo e aprendemos coisas e quando voltamos pra casa com a bagagem não só cheia de suvenires, mas também de historias para contar e de experiencias de vida.


Mas retomando ao assunto que me fez escrever este post, o que me deixa pessoalmente indignado, é como as pessoas pensam, sem aqui generalizar, que nós os viajantes vivemos sempre com a carteira recheada de dinheiro, que estamos numa situação privilegiada, diferenciados dos outros, que possuímos outros tipos de rendas mantidas em sigilo ou até ilícitas. "Tá viajando é porque tá rico!.." Um colega certa vez chegou a me perguntar descaradamente, se eu estava traficando órgãos. Pode?..


A verdade, a mais pura verdade, é que neste mundo tão cheio de opções, fundamentadas nas crenças pessoais, cada um tem os seus valores diante da vida e utiliza a sua graninha suada, muitas vezes contada tostão por tostão, naquilo que lhe convém, e que é importante, no que lhe dá prazer, no que faz sua cabecinha relaxar tranquilamente sobre o travesseiro, sem stress. No meu caso é viajar!


De mais a mais, com a instabilização atual das grandes potencias mundiais em franca crise financeira, tudo mudou de cara favorecendo também o turismo, que facilita bastante para quem quer viajar. Hoje você pode fazer pacotes de viagens e pagar à perder de vista ou mesmo, se preferir, jogar-se em algumas excursões mais econômicas que te hospedam em hostels, garantindo uma boa economia de hospedagem. Uma coisa é certa, se você vai a Paris e fica hospedado num hotel cinco estrelas, num albergue com quartos compartilhados ou na casa de um amigo, relaxa, você está em Paris, é só abrir a porta e desfrutar da cidade.


Numa boa; Trocar de carro uma ou duas vezes por ano? Eu não sei mais o que é isto a pelo menos seis anos. Tirar ferias com a família todos os anos na mesma praia paradisíaca? Eu me cansei de ver sempre a mesma paisagem. Juntar grana para reforma da casa ou trocar de eletro-eletrônicos por outros de ultima geração? Isto já era, você se vai e eles ficam aguardando os novos modelos que são lançados a cada ano, a cada seis meses para garantir o ciclo de consumo.


Juntar dinheiro para garantir a faculdade dos filhos? Você não pode garantir que os seus sonhos são os objetivos deles. Então...vai refazer os seus como eu e muitos outros fizeram, vai descobrir o que te dá prazer nesta vida além de sexo, de um rodizio de churrasco e cervejas com amigos todos os fins de semana, o que é muito bom, de comprar uma bolsa ou sapato de Louis Vuitton pra ficar na moda.


Vá ver o Pôr de Sol de um outro angulo do mundo, com uma outra plataforma mental. Quando você realmente quer, você consegue. Viajar tem muito mais haver com coragem e espirito aventureiro, do que com a carteira recheada de dinheiro e cartões de créditos internacionais.


Viajar vai te colocar em lugares que te farão se importar com questões bem maiores, que as que te envolvem no cotidiano da tua vida. Vai te ensinar a ter compaixão por perceber que existem pessoas que sobrevivem com bem menos, do que aquilo que achas essencial para viver e isto tudo vai te fazer questionar sobre teus valores.


Sem contar no ganho cultural que você passa a ter, indo nos lugares que você só viu nos filmes de TV, entrar em grande museus e galeria de arte e estar diante de pinturas e esculturas feitas por grandes mestres das artes. Provar, sentir o cheiro de comidas tipicas que você nem imaginava que existissem como beber um daiquiri a o som de uma salsa cubana, um vinho ou fernet argentino com coca cola e gelo picado, enquanto ouve um tango caliente, um assado uruguaio acompanhado de um médio y médio. Perder tempo com planos muito longos de viagem, não vão te levar a lugar nenhum. Repense naquele desejo de conhecer aquele lugarzinho a tanto tempo sonhado, arrume sua mala e bon voyage!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...