sábado, 28 de maio de 2011

Hino Nacional versão Funk.


Como se não houvesse mais nada com o que se preocupar neste país, o assunto em pauta nestes ultimos dias aqui no sul e provavelmente no resto do Brasil, tem sido a brincadeira dos jovens militares que gravaram a si mesmos dançando o Hino Nacional em ritmo de funk, num quartel em Dom Pedrito. Os próprios militares da 3ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada, divulgaram o vídeo no YouTube. Por certo, não imaginavam a tamanha repercussão  que isto traria. 
O caso é investigado pelo Exército Nacional e também por autoridades da cidade de Dom Pedrito. O desrespeito aos símbolos nacionais é crime previsto no código penal militar e pode resultar em pena de detenção de um a dois anos.
Eu concordo com Arnaldo Jabor que afirmou ontem no Jornal Nacional, que o Exército não precisa punir os soldados que dançaram funk ao som do Hino Nacional. Para ele, isso seria contra a liberdade e lembrou que episódios como esse, já aconteceram em outros lugares do mundo. Acontece que neste país sempre foi mais interessante transformar situações menores em coisas gigantescas, agora as de grandes proporções é jogada descaradamente pra debaixo do tapete.

2 comentários:

  1. JOÃO MARQUES JÚNIOR29 de maio de 2011 00:30

    Interessantíssima a visão de Jabour. Primeiramente, aquilo não era funk....era uma dança que ridicularizava o Hino Nacional, um dos símbolos da Pátria. Para muitos, como Jabour, o Hino Nacional é uma bobagem....mas, o conceito de cidadania começa pelo respeito à Pátria e ao que representa. Soldados do Exército podem ganhar pouco, mas ganham dos cofres públicos não para ridicularizar um símbolo que aprender, desde o primeiro dia, ser a própria encarnação do orgulho de ser brasileiro. Simular atos sexuais e protagonizar uma cena ridícula como aquelas não pode ser visto como normal ou mera brincadeira. Eu pergunto...se alguém da redação de Arnaldo Jabour fizesse isso, no meio do ambiente de trabalho, ele acharia legal? Se algum dos seus empregados, durante uma recepção, protagonizasse uma cena daquelas, o Jabour aplaudiria? Vamos lembrar que nesta semana o Presidente dos EUA foi levantar um brinde à rainha da Inglaterra, bem no momento em o hino inglês começou a tocar....ficou com cara de bobo, enquanto todos respeitavam o toque do hino. Para exigirmos respeito como cidadãos...temos que respeitar primeiro os símbolos de nossa cidadania. Quem não respeita isso, muito menos respeitará os cidadãos, o ser humano.

    ResponderExcluir
  2. Sou contra qualquer tipo de punição. Existem áreas que tem palhaçadas explicitas em que os palhaços nunca são punidos.

    ResponderExcluir

Você pode fazer seu comentário clicando sobre o título da postagem onde será direcionado para Conversa Fiada, com espaço para a publicação da sua opinião. Ela será acolhida com atenção e carinho e sempre que possível respondidas.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...